sexta-feira, maio 08, 2009

Desde criancinha

Não tenho time - já passeei pelos principais paulistanos, mas é tanta bagunça dessas torcidas que desisti de torcer.
Até conhecer o hino marvado da torcida do XV de Piracicaba.
Daí não teve jeito. Não conheço nem a cidade. Mas sou XV piracicabana - desde criancinha, rsrsrs
Ouça e diga se não tenho razão?
Já que tá, que fique!

quarta-feira, maio 06, 2009

Magnólia

O filme já não é novo, mas a história é boa. Nove personagens, nove histórias aparentemente diferentes e que, de repente, passam a estar interligadas...
O drama acontece em Los Angeles e, lá pelas tantas, surge uma das melhores cenas que já vi retratadas no cinema: sem qualquer explicação, e sem que os persongens se dêem conta, passa a chover sapos. O absurdo da cena se contrapõe com a reação das pessoas que não se dão conta do que está acontecendo, tão preocupadas estão com os próprios problemas.

Corta.

Volto à realidade. É segunda-feira, 4 de maio. O tempo muda de repente e o céu, de uma hora para outra, fica escuro, prenunciando uma tempestade. Um motoqueiro entra correndo na loja e comenta que demorou para voltar porque, acreditem, estava chovendo lixo.

Voltando pra casa, olhei para o céu e era fato. Além de uma garoa tímida, estava "chovendo" lixo: pedaços de papel, sacolas plásticas, copos descartáveis.

A ventania foi notícia. O lixo, não.

É, cada cidade tem a chuva que merece.